terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Mas todo Carnaval tem seu fim (20 minutos inesquecíveis)





Dá um aperto no coração pensar que falta um ano para o próximo Carnaval.
_______________________________________________________
Gentemm, saí na Globo!.Segundo minha mãe 3 vezes. Ela tava toda empolgada com a filha foliã e no domingo, me senti uma celebridade entre os vizinhos e parentes.
_______________________________________________________
Na concentração, foi um perrengue danado. Mas durante o desfile parecia que eu nasci dentro da Leandro de Itaquera. Nem liguei de ter perdido o tênis. Eu berrava, dançava, e batia palma com tanta empolgação até que alguém na arquibancada se animasse também. Tinha vontade de levantar os braços dos componentes da ala que não davam o melhor de si pela escola e para aquele momento único.
_______________________________________________________
E quando você vê que passou da linha amarela, que está valendo, está na avenida. Ai,dá uma emoção indescridivel. Eu olhava para o Portuga, meu parceiro de folia, dizendo com os olhos “não to acreditando, tamô aqui, olha quanta gente!”.
_______________________________________________________
E olha o Jorgeee!! Logo, no início já tinha torcida especial pra mim e pro Portuga. ________________________________________________________
E quando passa pelo recuo da bateria. Eu esqueci de tudo. Fiquei boquiaberta feito criança com o ziriguidum de pertinho assim.
E a Embaixada do Samba, que estava num camarote, dava vontade de ir até eles fazer uma reverencia e pedir benção. Me enchi de emoção com os velhinhos lindos batendo palma pra minha escola.
________________________________________________________
A Leandro teve problema na evolução e teve de correr no final para não dever para o cronômetro. Deu certo. E isso só tornou o desfile mais emocionante. A dispersão era festa. Corremos para junto da bateria para comemorar.
________________________________________________________
E apesar do perrengue, deu certo. Não caímos. Não ficamos entre as 5 que irão desfilar na sexta-feira, desfile das campeãs, mas conseguimos ficar no Grupo Especial, o que já é uma vitória pra quem veio do Grupo de Acesso e tem de se esforçar tanto.
________________________________________________________
Dia seguinte: Jesus, um trator passou em mim.

3 comentários:

Fábio disse...

Hahahaha! Te procurei na TV também, mas acho que estava com muito sono (e não sabia direito em qual ala você desfilaria), então foi mais complicado encontrá-la.

Mas que coisa mais linda, que experiência inesquecível mesmo! Adorei o texto e, por favor, conta mais! Não, o Carnaval ainda não acabou! :)

Parabéns, viu? Ano que vem, é a minha vez, eu juro! Na Sapucaí, com a minha Águia querida.

Francine Barbosa disse...

queria ver uma foto da sua fantasia!

Francine Barbosa disse...

adorei o layout novo!