sexta-feira, 15 de dezembro de 2006

Acordei jornalista

Sou jornalista formada. Passei nos exames, e acima de tudo, conclui meu TCC e sobrevivi a banca avaliadora (com nota 9). Estou vivendo uma sensação pós-orgamisca, como disse o Rod. A felicidade está me deixando sentir tão viva, mesmo passando o domingo ensolarado em casa. Parece que o coração anda acelerado, os olhos brilhantes, a fome não vem, e até me sinto mais atraente. Aconteceu: a grande reportagem está pronta e é minha. (minha e da Bárbara, graças as Deus). Estou realizada. Criei tudo do jeito que queria: o assunto, a abordagem, o tom, a musica, tudo como eu pensei. E agora, o trabalho anda com as próprias pernas e consegue agradar outras pessoas. É como se a vizinhança elogiasse os bons modos e a beleza de seu filho. E eu, como mãe, fico orgulhosa.
Cometi erros, mas consegui não levantar bandeira, respeitei minhas fontes, não fui piegas e nem preconceituosa. E ver o quanto a Tatiana gostou é sensacional, mesmo que tenha sido só ela. Quer dizer, que ela, uma profissional, faria o mesmo. O que me faz acreditar que sou uma profissional e provei para mim mesma que faço acontecer o meu sonho. Sou uma jornalista. Já posso pegar o diploma, fazer cartão de visita e mostrar a minha grande reportagem.


E final feliz não só pra mim. Na mesma semana que conclui o TCC, o Vasco e o Dorival, meus personagens favoritos, conseguiram um fato inédito. A justiça decidiu que a linda Teodora, tem dois pais e chama-se Teodora Rafaela Carvalho da Gama, Carvalho do Dorival, e Gama do Vasco. O primeiro caso no Brasil de dois homens que conseguem adotar uma criança. E eu e a Barbara já tavamos cantando a bola antes. Somos muito in, damos furo de reportagem. E torcemos mto pela felicidade dos três, que formam uma linda família alternativa. Ai, vou sentir saudade da minha série de reportagem.

2 comentários:

Fábio disse...

Com um tema desses, com um trabalho desses e, principalmente, com uma dupla talentosa dessas, era barbada!

Parabéns às duas, de coração, pela competência e pelo esforço.

Beijos

Francini Barbosa disse...

Parabééééééns!!!!!!!!!!


Sabia que vc ia arrebentar, não tinha dúvida! Assim que nos encontrarmos mostra o "filho".

beijão