sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Onde erramos tanto?




Santiago é uma cidade encantadora. Linda! Limpíssima, com calçadas largas, árvores (daquelas estilo canadense) de fora a fora, banquinhos para se namorar por toda a rua, a cada esquina um monumento histórico reluzente junto a uma praça florida. Sem falar da Cordilheira circundando a cidade, o trânsito organizadíssimo (os carros param para o pedestre atravessar), e a gentileza e simpatia impressionante dos chilenos.


Depois fui para Buenos Aires e fiquei preocupada com o retorno a São Paulo. Se eu passei a torcer o nariz para a cidade por não ser tão limpa e organizada, imagina quando chegasse em minha terra natal. Mesmo Buenos Aires (que achei que falta uma Lei da Cidade Limpa) dá um show em São Paulo. Para ter uma idéia nas duas cidades não há nem cobrador, nem catraca no ônibus. Tem apenas uma máquina que aceita moedas ou tickets. Ninguém confere se o passageiro pagou ou não. É possível tranqüilamente viajar sem pagar, mas inacreditavelmente todos pagam. Já imaginou se isso aconteceria em São Paulo?


Aí me pergunto onde foi que erramos tanto? Comparações com a Europa, EUA, Japão, Canadá ou Austrália são covardes. Poxa, eles tem muito mais história ou tiveram uma colonização completamente diferente, uma geografia e cultura incomparaveis. Mas poxa, a Argentina e o Chile estão aí do lado, as diferenças deveriam ser mínimas. Ao que me consta os espanhois não foram bonzinhos com nossos vizinhos. Zuaram legal também. Poxa, por que então, nós, o país sem terremotos (os chilenos tem isso todo ano), com vastidão de terra, riquezas naturais sem igual, beleza exuberante e o maior PIB da região não demos certos como nossos hermanos?

5 comentários:

Fábio disse...

Credo, você tá muito paga-pau dos nossos vizinhos! Hehehehe...

:P

Diego disse...

Entao. A minha tese, depois de conviver um bom com os Espanhois daqui e notar o seu desdem pelos portugueses, alem das viagens virtuais a Peninsula Iberica atraves do Google Earth, e' que o nosso problema civilizato'rio (e talveza solucao!) e' todo dos portugas mesmo. Eles sao os culpados de tudo!

Diego disse...

Alias, viagem pra Santiago e Buenos Aires: eu e' que paguei um pau!

Parabens Mi!

Diego disse...

Por sinal, eu te falei que acabei de ler o Cien Anos de Soledad! Muitissimo recomendavel!

Francini Barbosa disse...

Muié, mas como vc viaja! que inveja hahaha

Não sei responder tua pergunta, não sei detalhes da colonização espanhola pra dizer... Mas talvez essa confusão entre público e privado que rola por aqui ajude a explicar.

bjocas