sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Samba no pé

Na balada em Santiago fiquei impressionada com a desenvoltura das meninas com os quadris. Na verdade bem mais que desenvoltura eu diria, elas estavam bem animadas, e os rapazes mais ainda. Tudo embalado pelo Reggaeton - uma espécie de funk caribenho.

Conversei com o DJ e disse que sou brasileira. Ele disse que então iria colocar uma música brasileira. Pensei, vou arrasar, então. Não sou nem de longe do tipo que arrasa em balada, mas perto de gringo eu até que tenho samba no pé. (pra quem não sabe o que é samba naturalmente).

Então, começa a tocar "A dança do Vampiro" do Asa Aguia, axé típico de meus 15 anos. Fiquei toda contente de ter uma música (se é que se pode chamar de música) do meu país. Pensei em subir no palquinho até. Mas para minha surpresa todos sabiam cantar a música (mesmo em português), conheciam a correografia, e a mulherada chilena sambava bem mais do que eu. Fiquei no cantinho da pista.

2 comentários:

Fábio disse...

Hahahaha, pô, você merecia uma musiquinha melhor, né? Asa de Águia é dureza!

:P

Judson disse...

Na dança do vampiro, vc se satisfaz...