sexta-feira, 13 de junho de 2008

Só louco, ama como eu amo

Me disseram que eu não poderia falar aleatoriamente que sou Corinthiana. Que uma vez Corinthiana a gente tem que viver isso, ser fiel na essência da palavra. Fui a uma vitória sofrida e emocionante o que me deu orgulho e então enchia a boca pra falar "Sou Corinthians". Mas estavam certos, eu tinha que passar pela prova da derrota. Infelizmente, a prova veio muito rápido. Agora, haja o que houver estarei "cantando pra te empurrar". É que quem é Fiel não abandona nunca. Ama e pronto, loucamente e pra sempre.

Em uma semana marcantemente boa na minha vida, a derrota não conseguiu me derrubar. Mas ao chegar no trabalho na manhã seguinte e ver o rostinho triste do Vinicius (ah, como é bom ver o rostinho dele de manhã e receber seus recadinhos carinhosos), percebi que a derrota coletiva tinha quase o sabor amargo do luto solitário. Ele ficou a tarde amuado, calado. E disse - "Agora, que você vai ver o que é ser Corinthiana". Ele disse que tinha que ficar com a cabeça erguida. Nada de falar, "ah que droga que perdeu". Tinha que levantar o queixo e falar. "Perdeu, perdeu sim. E estou aqui com ele, onde estiver, como estiver". Fiz como ele me falou para quem fosse caçoar dessa nova torcedora. Afinal, quando a gente ama, não se envergonha de sofrer. Podem soltar fogos por minha dor, que não me entrego.

Agora se quiserem entender o que é ser Corinthiano, apaixonado, sofredor, com lirismo e fanatismo, leiam o blog do Judson.

Vini, Judson e Thiagos, por vocês eu sou mais Corinthians. Meninos que me ensinaram o que é ser fiel e amar loucamente.
Pra frente, Timão.

2 comentários:

Fábio disse...

Ih, mas você definitivamente virou mesmo corintiana, né? Nunca vi isso: do nada, depois de 20 e tantos anos, a pessoa simplesmente começa a torcer loucamente por um time! Humpf.

Mas agora falando sério (sem querer zoar, é sério mesmo): vocês só têm motivos para ficar orgulhosos. Não entendo os torcedores que agora criticam o técnico (que é excelente, por sinal) e alguns jogadores.

Pô, o Corinthians é time de Série B, gente! E chegou à final da Copa do Brasil contra um time da Série A. Está bom demais!

(hahahahahahahaha)

;)

dricadib disse...

Eu como irmã preciso fazer um comentário... Como uma pessoa que se diz corinthiana não assistiu a final da copa do Brasil, não torceu, vibrou, enloqueceu com o "seu time".