segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Nem sempre ganhando, nem sempre perdendo



"Isso [a prata] não apaga nada do que nós fizemos nos último oito anos, fomos uma equipe vitoriosa. Saio com a cabeça erguida, jogamos com muita honra", falou o levantador Marcelinho.

"Nem tudo é como a gente quer, mas com certeza a gente está feliz com essa conquista da medalha de prata. Temos mais vitórias do que derrotas, eu sinto orgulho dessa medalha", disse André Nascimento.

Não é irônico, que a medalha de bronze seja sempre mais comemorada que a de prata? A Prata é um lugar acima do Bronze, mas todos a lamentam, enquanto o terceiro colocado chora de emoção com seu metal menos brilhoso no peito. É que criar expectativas torna a derrota bem pior do que ela é. Até transforma a vitória em derrota.


O volei masculino, o volei de praia, o iatismo e o futebol feminino foram ótimos, lutaram bravamente, ganharam mais do que perderam, mas tinha uma equipe melhor a sua frente.

Em agosto, durante as Olímpiadas de Pequim, eu também estava em uma disputa e na noite de sábado, soube que não deu ... havia outros melhores. Mas foi o melhor resultado que eu já consegui. Eu podia até me orgulhar, mas fiquei em frente a TV de madrugada, chorando junto com o Marcelinho a prata. Não deu.

4 comentários:

Fábio disse...

Muito sinceramente, eu acho que você não perdeu nada não, viu? Não tem o que se lamentar. Mandou muitíssimo bem!

E fiquei tão feliz, mas tão feliz com a medalha de ouro das meninas no vôlei que compensou muito a tristeza pela prata do time masculino.

Aliás, eles não são imbatíveis, né? Ninguém é, nunca foi nem nunca será. E já ganharam coisa pra caralho também! :)

Francini Barbosa disse...

Dica do Eduardo Coutinho p/ documentários: nunca entreviste o 1º nem o 2º lugar, porque eles têm discurso pronto. Entreviste o 3º. Se entrevistar o 5º melhor ainda.

Eu só torci pelas meninas da ginástica, e chorei quando a Jade Barbosa chorou. TPM dos infernos.

bjos!

Francini Barbosa disse...

Ah, e fiquei SUPER HIPER MEGA FELIZ quando a seleção masculina de futebol perdeu :D

cachos disse...

milenits, achei fantástica a constatação, sobre as expectativas. eu acredito muito nisso, eu acredito que se não era pra ser, já era, sempre o melhor acontece. tem outro caminho já te esperando pela frente. bjo