domingo, 8 de março de 2009

Ronaldo é Gol


Se eu não fosse corintiana, eu estaria morrendo de inveja de mim. Acho que tem muito Palmeirense que teve de se controlar para não vibrar na hora do gol do Ronaldo, ainda mais do jeito que foi, heroico, nos minutos finais de um clássico aflitivo.

Ronaldo é a história viva de superação. E hoje deu mais uma prova. Pode não ser mais o Fenomeno da seleção de 1998 e 2002, mas calou a boca de quem dizia que ele era um ex-jogador. Ele com 1/3 do que ele era ainda é mais do que a maioria dos jogadores em campo.

Em 30 minutos, ele fez a diferença. E só não fez mais porque infelizmente, o Corinthians está com um time bem aquém, que mal acerta passes e tem um meio-de-campo que não faz a bola chegar ao seu centro avante. Mas todas as vezes que a bola chegou aos seus pés, ele mostrou que os quilos a mais, não diminuem sua intimidade com a bola. Ele sabia exatamente o que fazer. Soube se posicionar, driblou, fez um cruzamento excelente, teve uma bola na trave, e finalmente, um gol. O craque está de volta.

E o que foi a emoção dele se jogando no alambrado? Ah, como ele devia ter sonhado com esse momento, porque nunca jogou para uma torcida como essa. Saiu do Brasil aos 17 anos para jogar nos melhores times do mundo, mas nunca tinha jogado para a melhor torcida do mundo.

Calem-se invejosos. Ele ainda vai dar muito trabalho pra zagueiros, ainda será o pesadelo dos goleiros. Na hora que o Corinthians vai dar a volta por cima, estará ele lá, dando a volta por cima de novo, e de novo e quantas vezes forem necessárias. Ele já ganhou tanto dinheiro, que poderia ter se aposentado, desistido, afinal já são 16 anos de carreira. Mas não. Ele é o exemplo de apaixonado. Enquanto tiver duas pernas, sangue correndo, e a arte nos pés, vai jogar bola, vai fazer gols, porque é o que faz de melhor. É MARAVILHOSO poder voltar a gritar por seus gols. É Maravilhoso te ver jogar no Timão.

2 comentários:

Fábio disse...

Só mesmo o Fenômeno para me fazer torcer pelo Corinthians e vibrar MUITO na hora do gol de empate.

Pasmem: fui corintiano por alguns minutos, neste domingo, pela primeira (e última, espero) vez na vida! Tudo por causa de Ronaldo.

Foi de arrepiar, né? Ah, e acabo de tascar um Marcelo D2 lá nos meus pitacos, hehehe. :)

nádia disse...

FODA.

adoro que você tenha virado corintiana tão de verdade assim!